Sobre o Inumeráveis

Luiz Carlos Gomes do Couto

1955 - 2020

Professor, biólogo e inventor de sucos exóticos.

Amado pai, professor e biólogo. Muito prestativo, ele amava lecionar até quando não estava em sala de aula.

Um passeio na Floresta da Tijuca era uma verdadeira aula, que ele aproveitava para contar histórias do seu tempo de infância, como quando descia o Alto da Boa Vista (RJ) com um carrinho de rolimã. Ele e os amigos se divertiam!

Sempre prestativo, inclusive, talvez seja esta a principal percepção que os amigos e familiares tenham dele.

Ele tinha um gênio forte, mas o coração era mole. Com muito esforço, rompeu barreiras sociais e encontrou na leitura uma forma de galgar sua estabilidade, funcionário do município do Rio de Janeiro (professor), ele conseguiu se realizar. Era nítido que nasceu para essa função.

Não poderiam ficar de fora os sucos exóticos que fazia e que muitos tinham medo de provar. Ele, sem dúvida, era uma figura. Uma ótima figura!

Gostava de esportes, teve graduação máxima em judô e deu aulas por muitos anos. Gostava de andar de bicicleta e foi uma pessoa preocupada com o meio ambiente. Ajudava muitas pessoas. Um bom filho, irmão dedicado, tio afetuoso e disponível, um pai maravilhoso.

Deixa saudades e um legado de vida e momentos divertidíssimo para todos que tiveram a sorte de conviver com ele.

-

Professor e biólogo, ele amava o que fazia.

Uma pessoa muito querida por todos.

Luiz nasceu no Rio de Janeiro e faleceu no Rio de Janeiro, aos 65 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelos filhos e pela prima de Luiz, Luiz Carlos, Tiago Gomes e Sonia Regina Benjamim Barcelos. Este tributo foi apurado por Rayane Urani, editado por Rayane Urani, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 2 de maio de 2020.