Sobre o Inumeráveis

Maria das Graças Rocha

1950 - 2020

Por onde passava, ela era Graça, apelido que refletia perfeitamente toda a sua espirituosidade.

Quem cruzou o seu caminho há de se lembrar dela com um sorriso no rosto.

A palavra amor guiou sua existência e permeou seus atos. Graça era a amorosa mãe de Sheila e Leandro, uma avó amorosa e, por 43 anos, a amorosa esposa de Jorge.

Como se personificasse o sentimento, Graça era amor até quando era amiga dos amigos de seus filhos. Era amor quando dedicava seus dias a cuidar da casa dos outros como empregada doméstica. Era amor quando fazia crochê.

Não por coincidência, Graça foi muito amada e cultivava sua fé nas pessoas e no ser humano. Bondosa, acreditava que todos mereciam uma segunda chance.

Ela completou suas 70 voltas em torno do Sol poucos dias antes de partir. Poucos dias depois, sua filha e sua neta também celebraram seus aniversários. Maio se tornou, oficialmente, o mês da Graça, o mês do Amor e a festa, graciosa como deve ser, acontece ao lado das estrelas.

Maria nasceu em Carmo (MG) e faleceu em Itaquaquecetuba (SP), aos 70 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela filha de Maria, Sheila. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Gabriela Monteiro, revisado por Gabriela Carneiro e moderado por Rayane Urani em 3 de junho de 2020.