Sobre o Inumeráveis

Maviniêr de Castro e Silva

1954 - 2020

Não reclamava de nada, mesmo quando passava o dia todo no sol quente consertando seu velho caminhão.

Palavras de sua irmã, Sol, para Maviniêr:

Mavi, como era conhecido, estava sempre alegre e brincalhão.

Otimista, alto-astral, não reclamava de nada, mesmo quando passava o dia todo no sol quente consertando seu velho caminhão.

Temente a Deus, servia ao Senhor com muito fervor.

Esposa, duas filhas já casadas, netas, e um filho com pouco mais de vinte anos, eram seu maior orgulho.

Filho amoroso, toda semana telefonava para sua mãe.

Quando foi internado com a covid-19, falou para sua irmã Solange: “Se preocupe não minha irmã, tudo maravilhoso aqui! Estou nos braços do Senhor”.

Maviniêr nasceu em Limoeiro do Norte (CE) e faleceu em Fortaleza (CE), aos 65 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela irmã de Maviniêr, Solange Castro Falcão. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Mateus Teixeira, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 8 de novembro de 2020.