Sobre o Inumeráveis

Nair Francisco da Cruz

1965 - 2020

Extremamente caridosa, sempre amou e zelou pelo próximo. A mãezona da família, tratava todos como filhos.

Esta é uma carta aberta de Samantha para a sua madrinha, Nair:

A pessoa mais generosa e bondosa que se podia conhecer.

Mulher de grande fé, que nunca deixou sua fé abalar. Cumpria todos os ensinamentos de Jesus com gosto. Mulher de muita compaixão, respeito e honestidade.

A mais proativa de todas! Dona da lasanha mais apetitosa e do melhor macarrão ao molho do mundo.

Querida por muita gente, não só da família. Cada pessoa que conviveu com ela viu o ser amável que era. A pessoa que nos ensinou muito sobre perdão, sobre compreensão, sobre não guardar mágoas ou deixar o ódio nos consumir.

A pessoa em que confiávamos a responsabilidade de muitas coisas.

Seu único defeito foi se dedicar tanto aos outros e acabar esquecendo de si. Mas, assim como nos ensinou, perdoamos esse defeito também.

Imensamente amada, jamais será esquecida.

Você vai estar para sempre em nossos corações, tia Naia.

Nair nasceu em Porecatu (PR) e faleceu em Guarulhos (SP), aos 54 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela afilhada de Nair, Samantha Cruz Mangueira. Este tributo foi apurado por Lígia Franzin, editado por Lígia Franzin, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 31 de julho de 2020.