Sobre o Inumeráveis

Ramão Antônio Trindade da Silva

1963 - 2020

Carregava a sabedoria do bem viver e sempre dizia que "do amanhã ninguém sabia".

Ramão foi uma daquelas pessoas verdadeiramente do bem, de coração puro, um porto seguro para muitos, alguém que todos queriam ter por perto.

Pai, marido, amigo e um grande guerreiro mas, acima de tudo, um ser humano de grande coração, que sempre procurou fazer o bem sem olhar a quem, que sempre estendeu a mão para ajudar e acolher, tornando-se um verdadeiro herói para muitas pessoas.

Filho de João Antônio da Silva e Nair Trindade da Silva, nasceu em Itaqui, cidade fronteiriça entre o Rio Grande do Sul e a Argentina. Como um bom gaúcho, apaixonado pelo seu estado, fazia questão de preservar as tradições e o gosto por um bom churrasco.

Casado com Elga Jaqueline Rodrigues, sua parceira de toda uma vida ─ afinal foram três décadas e meia de união ─, construiu uma linda família ao lado dos filhos Viviane, Juliander, Caroline e Lauren, a quem dedicou todo seu amor.

“O pai era tudo para nós, nosso porto seguro, aquele que nos acolhia sempre, independente da situação, porque acreditava que a família era o bem mais precioso”, conta Lauren, a caçula.

Ramão gostava de aproveitar a vida, reunir a família e ter todos ao redor. Carregava consigo a sabedoria do bem viver e sempre dizia que "do amanhã ninguém sabia". Sábias palavras que, após sua partida, fizeram ainda mais sentido para Lauren e toda a família.

“Pai, obrigada pelas lições e aprendizados que deixou, por me mostrar que sou mais forte do que imaginava ser. Por mais difícil que seja conviver com a sua ausência, saiba que estamos bem. Sempre te amarei, meu guerreiro”, são as palavras de despedida de Lauren ao pai, juntamente com um abraço muito apertado que não pôde dar.

“Jamais direi adeus, meu pai, mas sim um até logo.”

Ramão nasceu em Itaqui (RS) e faleceu em Porto Alegre (RS), aos 57 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela filha de Ramão, Lauren Rodrigues da Silva Polli. Este tributo foi apurado por Thaíssa Parente, editado por Fernanda Queiroz Rivelli, revisado por Lígia Franzin e moderado por Phydia de Athayde em 23 de fevereiro de 2021.