Sobre o Inumeráveis

Rejane Marques de Souza

1959 - 2020

Pessoa de muitos amigos, divertida e conselheira. Uma mãezona!

Dona Rê acordava cedo todos os dias e ia ver seus cachorros e sua gata brincarem no quintal. Gostava de reunir as pessoas para fazer "aquele" churrasco. Era sempre uma festa!

Sua maior paixão era a sua família. Casada há 41 anos com José, teve duas filhas: Tatiana e Fabiana, e a neta Mariana, a quem costumava chamar de “vida, luz do sol e flor do dia”.

Ela viveu intensamente e deixou em nós sua marca. “Ela tinha um modo peculiar de ver as coisas e aproveitava qualquer oportunidade que considerava divertida”, conta Tatiana. Para ela, sua mãe será lembrada como aquela que viveu cada dia como se fosse o último. “Ela foi minha guerreira, meu exemplo de resiliência, que me ensinou a pensar a vida com a seguinte frase ‘Querer, poder e conseguir’”, finaliza Tatiana.

Rejane nasceu em Barretos (SP) e faleceu em Itanhaém (SP), aos 61 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela filha de Rejane, Tatiana Marques de Souza. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Ticiana Werneck, revisado por Rosana Forner e moderado por Rayane Urani em 4 de junho de 2020.