Sobre o Inumeráveis

Rodolfo Geovani Leite Monteiro

1994 - 2021

Levava alegria e descontração com seu ar debochado e suas piadas.

Rodolfo cresceu entre idas e vindas, sua infância e adolescência foram cheias de movimentos, frustrações e buscas constantes. Apesar de toda movimentação, cresceu fazendo amigos por toda parte, aprendeu a amar e respeitar o próximo, e escolheu seguir o caminho do bem.

Ele era um jovem sorridente e distribuía amor por onde passava, tinha um abraço grande e confortável daqueles que desejamos ser eternos. Quando adulto, tornou-se um homem de fé, compromissado com a Igreja e a caridade. Encontrou o amor da sua vida, Clara, casou-se e herdou uma filha, a Mel.

Na casa de Rodolfo haviam muitas plantinhas, gatos, cachorros, galinhas, galos... cada ser tinha um lugar no grande coração dele. O amor era tão grande que certa vez chegou a fazer uma verdadeira "cirurgia" em uma galinha que estava perdendo um pé. A ousadia da ação salvou a vida da galinha, mas não o pé, a pequena se recuperou da cirurgia e aprendeu a viver apenas com um dos pés.

Lucélia, amiga de Rodolfo, foi a porta voz do grupo que o ama ao dizer: “Nós, familiares e amigos ficamos aqui com o coração cheio de saudades e lembranças lindas de cada momento que estivemos com ele.”

Rodolfo nasceu em Igarapé (MG) e faleceu em Itaúna (MG), aos 26 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela amiga de Rodolfo, Lucelia Maria Ganda da Rocha. Este tributo foi apurado por Rayane Urani, editado por Vera Dias, revisado por Claiane Lamperth e moderado por Rayane Urani em 26 de maio de 2022.