Sobre o Inumeráveis

Rosa Carlos de Araújo

1937 - 2020

Forte e destemida, fugiu para a capital, onde se tornou a matriarca de uma grande família.

Rosa era uma mulher forte, que não sucumbiu às adversidades da vida e nem se deixou enrudecer. Ao contrário, era doce e generosa. “Minha avó acolhia animais abandonados, e nunca negou um prato de comida, seja para um humano ou para um animal que necessitasse”, recorda a neta Caterine.

Embora tenha sido mãe muito jovem, Rosa foi desmedida na coragem de lhes dar um lar seguro e amável. Fugida do interior, com dificuldades criou os três filhos: Antônio, Gleide e Gleuma, mas sem nunca ter deixado faltar a certeza que o amor tudo prospera.

Avó de oito e bisavó de sete, Rosa gostava de contar "as peripécias da família a quem se dispusesse a escutar". Imaginem quantas histórias dessa grande família ela acumulou!

Além da sua presença amorosa, os netos vão sentir falta do doce de leite que Rosa preparava. Um quitute que adoçou as melhores lembranças, deixadas por essa avó.

Rosa nasceu em Fortaleza (CE) e faleceu em Fortaleza (CE), aos 82 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela neta de Rosa, Caterine Araújo. Este tributo foi apurado por Ricardo Pinheiro, editado por Gabriele Ramos Maciel , revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 11 de julho de 2020.