Sobre o Inumeráveis

Tania Magali Oliveira da Silva

1966 - 2020

Com todo o coração, amava suas filhas, os animais e ajudar as pessoas. Dona do sorriso mais lindo do mundo!

O que fazia essa pessoa ser especial? Simples: ela nos trouxe ao mundo - a mim e à minha irmã. Passamos por muitas coisas na vida e, ainda assim, ela era dona de uma luz e de uma empatia invejáveis.

Ela era feita de muito amor pelas pessoas e pelos animais. Era caridosa e dona de um lindo sorriso que só ela tinha. Era um sorriso largo, cheio de amor e carinho. Repleto de luz. Sabe aquela felicidade estampada em um sorriso que te contagia? Esse era exatamente o sorriso dela!

Vivia para ajudar e tirava dela para dar aos que precisavam. Fez de tudo pra me dar todos os bens materiais que eu queria e dos quais precisava, mas, acima de tudo, o bem mais precioso que eu vou levar dela são os valores que me passou. O amor! Pelos animais, pelas pessoas, o respeito, a empatia.

Ah, como eu amo cada valor que ela me passou. E eu acho que é isso o que resume minha mãe, AMOR! Ela era só amor. Hoje eu só quero deixar registradas as coisas boas dela, do meu sentimento e do meu olhar por ela.

Claro que essa perda doeu, dói e vai doer pra sempre. Mas hoje eu quero que quem leia este tributo possa sentir que ela não é um número. Ela era a minha luz, o meu sorriso, a minha mãe.

Ela era só amor, puro amor, a face do amor!

Tania nasceu em Assis (SP) e faleceu em Presidente Prudente (SP), aos 54 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Flávia Campos, a partir do testemunho enviado por filha Talita Oliveira Cardoso, em 14 de maio de 2020.