Sobre o Inumeráveis

Tiago Dantas de Alencar

1950 - 2020

Depois de 50 anos no Rio, realizou o grande sonho de voltar para sua terra.

"Homenagear o meu pai é muito fácil: divertido, bondoso e engraçado, ele era, sobretudo, uma pessoa feliz. Gordinho e brincalhão, adorava crianças e vivia cercado de amigos – acredito que nunca teve um inimigo sequer", desabafa a filha, Elizangela Alencar.

A história de Tiago começou e terminou no interior do Ceará (apesar de ele ter vivido por mais de 50 anos no Rio de Janeiro, onde seus filhos nasceram e cresceram). Toda a sua vida profissional se passou dentro de grandes supermercados cariocas, onde ele foi de faxineiro a gerente.

Há alguns anos, quando se aposentou, resolveu voltar para o nordeste, já que revisitar sua terra era um de seus maiores sonhos. Especialmente a Fazenda Castelo, onde ele nasceu e cresceu. Era nítido o tanto que ele amava aquela fazenda. Sempre contava em detalhes sobre quando o seu pai a construiu, dizia que cada pedra, tijolo e pedaço de madeira haviam passado pelas mãos dele.

Foi, também, muito sonhador. Um de seus grandes sonhos era ganhar na loteria, o que, infelizmente, não aconteceu, lembra a filha.

Além de um pai maravilhoso, era um bom vizinho e um excelente marido: foi casado com a esposa, mãe de seus filhos, por 50 anos. O amor deles foi muito inspirador para todos ao redor, pois sempre houve afeto e cumplicidade entre eles.

Tiago deixa três filhos (Elizangela, de 47 anos; Eliana, de 42 anos, e Tiago Júnior, de 34 anos) e dois netos (Pedro Paulo, 22 anos e Maria Eduarda, 17 anos), todos com muitas saudades no coração.

Tiago nasceu em Paramoti (CE) e faleceu em Pacatuba (CE), aos 69 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Allanis Carolina, a partir do testemunho enviado por filha Elizangela Alencar, em 15 de maio de 2020.