Sobre o Inumeráveis

Agenor Monteiro da Silva

1942 - 2020

Pescador e contador de histórias.

Agenor personificava simplicidade. Nasceu no interior do Amazonas e era um pescador diferenciado, pois não fisgava somente peixes, "prendia" pessoas, utilizando a sua melhor isca: lendas. Acreditava no poder das histórias. A palavra era sua verdadeira subsistência.

Gostava de manter os pés no chão, mas sentia um prazer enorme em fantasiar. Ele criava músicas com suas netas, utilizando violinos de brinquedo.

Agenor, que tanto contou histórias, talvez jamais tenha imaginado que a sua própria se tornaria tão importante.

Agenor nasceu em Manaquiri (AM) e faleceu em Manaus (AM), aos 78 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo sobrinho-neto de Agenor, Daniel Freire. Este texto foi apurado e escrito por Vitória Freire, revisado por Lígia Franzin e moderado por Priscilla Fernandes em 11 de maio de 2020.