Sobre o Inumeráveis

Alayde Antônia Rossignolli Abate

1947 - 2020

Fã de Roberto Carlos, não desgrudava de seu amado companheiro: o Paçoca, seu cachorro.

Mulher forte e guerreira, Alayde cuidou de três filhos, três sobrinhas, de todos os netos e até mesmo de seus sobrinhos-netos.

Amava tirar fotos e registrar cada momento de amor da vida, principalmente de sua família.

Adorava todo tipo de atividade que envolvesse corte e costura. Seus presentes a quem amava eram colchas de retalho, sempre com fuxicos, sua maneira de registrar o carinho que tinha por aquela pessoa. Mesmo durante a pandemia, espalhava seu amor através da costura, distribuindo máscaras de pano para toda a família.

Seu companheiro de todos os dias era o amado Paçoca, seu cachorro, que estava sempre ao seu lado.

“Tá vendo, quando vocês precisam de alguma coisa, é aqui na casa da Layde que vocês vêm", dizia, indicando que, no seu lar, a família encontraria toda a ajuda que precisasse. E, assim era. Independente da hora, recebia, de braços abertos, quem quer que chegasse, sempre disposta a ajudar.

Deixa saudades que não cabem em palavras.

Alayde nasceu em Taquaritinga (SP) e faleceu em São Paulo (SP), aos 73 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela neta de Alayde. Este tributo foi apurado por Caio Ferreguti, editado por Mariana Coelho, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 13 de junho de 2020.