Sobre o Inumeráveis

Allan Robert de Moraes

1993 - 2020

Forte, bonito e trabalhador, tinha um coração de menino.

Órfão aos doze anos, Allan tinha um amor maternal pela tia Erika e, diariamente, declarava-se para ela: “ele dizia que eu era a mulher da vida dele”, gaba-se Erika.

Cúmplices na vida, costumava contar a ela sobre suas paixões.

Allan era belo, forte e muito trabalhador. “Aos doze anos, ele já aprendia o ofício com o tio”, conta a tia.

Não lhe faltava disposição e sua juventude era sentida em tudo o que fazia, seja perfurando poços, seja na roda de pagode com os amigos. Era alegre e tinha um sorriso contagiante.

Um amigo amoroso, cuja presença já faz falta!

Allan nasceu no Rio de Janeiro e faleceu em Duque de Caxias (RJ), aos 27 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela tia de Allan, Erika Lima. Este tributo foi apurado por Viviane França, editado por Gabriele Ramos Maciel, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 12 de julho de 2020.