Sobre o Inumeráveis

Ana Duarte Nunes

1921 - 2020

Enquanto fazia crochê, contava piadas e histórias do passado.

Ana Duarte Nunes, mãe, avó, bisa e tataravó. Aos 98 anos, já sonhava com a festa de arromba que daria quando completasse 100 primaveras.

Sempre alegre, gostava de contar piadas e histórias do passado enquanto fazia seu crochê.

Quando a pandemia surgiu, estava internada com pneumonia e, ao se recuperar, encontrou um mundo completamente diferente. Quando compreendeu, perguntava aos filhos: "Quando isso vai embora? Quero passear!".

Anita, como era conhecida por todos, hoje é estrela. Não chegou aos 100 anos como queria... Mas o que são 100 anos para quem, no céu, eternamente vai brilhar?

Ana nasceu em Minas Gerais e faleceu em Goiânia (GO), aos 98 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo neto de Ana, Lucas Tadeu Duarte Martins. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista , revisado por Paula Ledo dos Santos e moderado por Rayane Urani em 18 de março de 2021.