Sobre o Inumeráveis

Ana Maria Cavalcante de Albuquerque

1958 - 2020

Ajudar aos outros, era um prazer. Generosidade era sua marca registrada.

"Dona Ana era professora aposentada. Foi mãe de três filhos. Criou-os sozinha. Mulher de bem com a vida. Alegre e guerreira. Sempre disposta a ajudar o próximo. Amava pular carnaval, viajar e sair com as amigas." conta a nora Celiane.

-
Ana Maria era carinhosamente conhecida por Lila. Foi professora, casou-se, mas acabou divorciando. Teve três filhos, a Soraya (Sosso), o Marcos (Quinho) e a Fernanda (Nandinha), suas paixões.

Muito animada, adorava a cantora Alcione. Dançava com um sorriso irradiante. Uma pessoa de alma gigante, muito generosa, estava sempre disposta a ajudar a todos.

Amava os netos e sentia muitas saudades dos pais. Nas horas livres gostava de fazer caminhadas e ir ao shopping ver shows na praça de alimentação.

Falava alto, sempre agitada, queria fazer várias coisas ao mesmo tempo.

“Ela era a nossa base, de coração enorme, ajudava todo mundo independente se era da família ou não. Disposta a ajudar o universo, se preciso. Sempre presente, uma mãe excepcional e uma vó maravilhosa”, lembra com carinho a filha Fernanda.

Ana nasceu no Rio de janeiro (RJ) e faleceu no Rio de janeiro (RJ), aos 62 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela filha de Ana, Fernanda. Este texto foi apurado e escrito por Lucas Cardoso, revisado por Didi Ribeiro e moderado por Rayane Urani em 26 de maio de 2020.