Sobre o Inumeráveis

Ângelo Vervloet Gaiba

1964 - 2020

Aficionado por Game of Thrones, lia os livros e assistia à série ao lado de Tê. Hábito frequente, que jamais dispensava.

Ângelo era um homem de espírito muito jovem. Paciente, calmo e de bem com a vida, enxergava, no outro ser que precisava de ajuda, uma oportunidade para exercer a bondade e a gentileza que guardava dentro de si.

Lilinho, como carinhosamente era chamado pela mãe, era apaixonado pelo Flamengo e amante de uma boa cerveja.

Era técnico de edificações, sabia apreciar o tempo livre e usá-lo como oportunidade para viver os momentos mais simples e ricos ao lado da família.

Extremamente culto, apreciava autores como André Vianco e Patrick Rothfuss, via na leitura uma chance de aprender e não perder tempo com hábitos que não agregavam. Sendo esta, uma de suas principais características. Mas, também adorava jogar Playstation, seu jogo favorito era de futebol. Parecia uma criança quando se projetava perto do jogo.

Soube viver a vida, e deixa essa lição. Deixa saudade a todos que acompanharam e fizeram parte do seu dia a dia, pois nenhum dia era igual ao lado dele, sempre com alguma novidade ou um novo aprendizado.

Jamais, em seus ensinamentos, cogitaria tratar uma pessoa como número. E no coração dos que cativou, jamais será considerado como tal.

"Toda vez que ouço seu nome, só consigo pensar em amor eterno." despede-se de Tê, na maior pureza, de quem daria tudo para pintar seus cabelos novamente.

Ângelo nasceu em Santa Leopoldina (ES) e faleceu no Rio de Janeiro (RJ), aos 56 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela companheira de Ângelo, Maria Teresa da Silva. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Ygor Expedito Goncalves, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 15 de junho de 2020.