Sobre o Inumeráveis

Antônio da Silva

1954 - 2020

Tinha o beijo mais carinhoso que você poderia receber.

Uma paixão na vida dele era o lar.

Poder trabalhar para dar o melhor para sua família e para terminar de construir a sua tão sonhada casinha, era o que o movia a todo momento.

O carinho que tinha pelos entes queridos e sua empatia por todos, faziam com que, qualquer um percebesse, que ele era uma daquelas pessoas que transbordavam amor.

Fazia questão de cumprimentar todos enquanto caminhava na rua e adorava dar um beijo bem molhado na bochecha de seus filhos, uma demonstração tão carinhosa, que estendeu-se até aos seus netos.

Diz o filho caçula, Vitor: "É impossível resumi-lo a uma virtude apenas. Trabalhador, educado, carinhoso, prestativo; qualquer uma dessas qualidades tão nobres serviria para descrevê-lo (...) 'O estudo muda o mundo' e 'Nunca podemos deixar de lutar por nossos objetivos' eram duas frases que ele insistia em repetir, demonstrando como ele pensava."

Por tudo isso, e com essa mesma esperança de Antônio, seu filho diz: "Todo o esforço e o legado de meu pai perdurarão para sempre no coração da família; e a construção da casinha vai terminar."

Ele, com toda a certeza, nunca estará ausente no lugar que sempre fez questão de estar e de edificar - o seu lar!

Antônio nasceu em Bueno Brandão (MG) e faleceu em São Paulo (SP), aos 66 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo filho de Antônio, Vitor Magno Silva Sales. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Sabrina Legramandi, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 13 de junho de 2020.