Sobre o Inumeráveis

Antonio Nunes Viana

1923 - 2020

Alegria de menino, carisma de adulto, experiência de senhor. Seus cabelos brancos esbanjavam vida.

Marido, pai, avô e bisavô, Sr. Antonio teve uma trajetória marcada por lutas e conquistas. Segundo a neta Claudia, ele se mudou para São Paulo em busca de melhores condições para os seis filhos.

Com muito trabalho, conquistou seu pedaço de terra, seu lar e nele viu o crescimento de sua família.

Sua gratidão pela vida era evidenciada pela narrativa de suas histórias. “Gostava de ver a família reunida, de fazer graça, de contar histórias do passado e também atuais, sem perder nenhum detalhe”, garante a neta. Ensinava através de histórias e sorrisos.

Ficou viúvo em 2019, após uma união de mais de 70 anos. “Sentia a ausência de sua ‘menina’, era assim que ele a chamava”, afirma a neta.

Encontrava apoio para essa ausência na espiritualidade. Religioso, ensinou a família e todos que conhecia que a fé era a base de tudo. “O primeiro banco da igreja era seu lugar favorito a cada missa de domingo”, conta a neta Claudia.

Lutou durante noventa e sete anos com todos os obstáculos da vida, sempre com muito bom humor, demonstrando sua grandiosidade. Na última batalha, lutou bravamente até o último suspiro.

Com saudade, a família celebra a vida de Sr. Antonio em suas vidas e se despede desse ser humilde, generoso e encantador.

Antonio nasceu em Santana do Cariri (CE) e faleceu em São Paulo (SP), aos 97 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela neta de Antonio, Claudia Nunes Viana. Este tributo foi apurado por Lígia Franzin, editado por Denise Stefanoni, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 28 de julho de 2020.