Sobre o Inumeráveis

Antonio Zumpichiatti

1949 - 2020

O que mais o deixava feliz era ver as pessoas felizes ao seu redor.

Caminhar na praia de manhã, levar a neta Sophia pra brincar na pracinha, ver jogo do Fluminense no Maracanã e beber uma cervejinha com a família. Era assim que o corretor de seguros Toninho gostava de passar suas horas livres.

Estava com Gloria há 40 anos, sua namorada desde os tempos de faculdade, e com quem teve os filhos Felipe e Gabriela, e então as netas Giovanna e Sophia.

Era famoso na família por sempre sair das festinhas levando um prato com bolo e doces “para comer no café da manhã do dia seguinte”. Todos riam, mas quando o novo dia raiava, eram a ele que recorriam para pedir um pouquinho. Ele gostava de fazer piada boba com tudo e tinha sempre uma história engraçada para contar.

A personalidade aberta e alegre permitiu que ele fizesse amizade fácil, até com quem trabalhava no supermercado. Era lá que ele ia quando via uma degustação de vinho de graça, bebia várias taças, e no fim, já era amigo de todos ali. Ele era assim.

Antonio nasceu em Campos (RJ) e faleceu no Rio de Janeiro (RJ), aos 71 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido de Antonio. Este texto foi apurado e escrito por Ticiana Werneck, revisado por Lígia Franzin e moderado por Ticiana Werneck em 8 de maio de 2020.