Sobre o Inumeráveis

Armando Fernandes Branco

1942 - 2020

Sempre alegre e elegante, jamais deixou de levar consigo uma piada pronta na ponta da língua.

Paulista, Armando viveu em Belo Horizonte desde a mocidade, e foi na capital mineira onde construiu sua linda família. Amoroso, alegre, batalhador e piadista. Não à toa, tornou-se um exemplo de ser humano, esposo e pai.

Representante de Móveis de Minas Gerais, rodava o estado inteiro realizando seu trabalho. Além do mais, Armando deixava, por qualquer lugar onde passava, sua marca registrada: a alegria contagiante.

Além de exímio piadista, Armando era um amor de pessoa: educadíssimo, mas também brincalhão e despachado com a pessoa certa, na medida e no momento adequados. Não à toa, contagiava fácil a todos que estavam a sua volta.

Além de contar piadas tanto aos mais chegados quanto aos desconhecidos que encontrava em suas viagens, outra de suas maiores alegrias era fazer um churrasco com familiares e amigos. Desde que uma das bebidas dessa festa fosse pinga de alambique, é claro.

Esposo dedicado e apaixonado por sua querida Lúcia Bazzoni, tornou-se pai orgulhoso de três filhos incríveis com os quais Lúcia lhe presenteou: Fernando, Daniele e Marcelo, conhecido como "Bolão" pelos mais chegados.

Em quase 55 anos de casamento, Armando levava todo dia um cafezinho na cama para sua amada esposa. Fazia questão de acordá-la com uma bela xícara de cafeína e, sobretudo, de amor.

"Grande tio Armando, você foi um exemplo de ser humano, de esposo, de pai... Vai deixar muita saudades. Te amaremos eternamente", se despede a sobrinha Mara Fernandes.

Armando nasceu em Ribeirão Pires (SP) e faleceu em Belo Horizonte (MG), aos 77 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela sobrinha de Armando, Mara Fernandes Branco Resende. Este tributo foi apurado por Thaíssa Parente, editado por Letícia Fortes, revisado por Juliana Holzhausen e moderado por Rayane Urani em 28 de julho de 2020.