Sobre o Inumeráveis

Augusto José Pinheiro

1961 - 2020

O tio-amigo e amado.

Alegre, cheio de vida, carinhoso e dedicado. Assim foi Augusto, de quem a sobrinha Michelle sempre se lembrará como “um tio amado, meu amigo”.

-
"Um ser humano iluminando, que irradiava alegria por onde passava. Em seu peito batia um coração muito bondoso. Foi amigo e tio muito querido. Pé de valsa, era o par mais disputado nos encontros familiares. Partiu deixando saudades, embalando os seus ao som de sua risada", conta a sobrinha Soraia.

-
O sobrinho Augusto Júnior também deixa a sua homenagem: "Exemplo de ser humano a ser seguido, humilde, amigo e gente finíssima. Tudo que ele pudesse fazer para estar presente e ajudar quem precisasse, ele fazia. Tio, agradeço a Deus por ter sido seu sobrinho. Te amaremos eternamente pelo grande homem que o senhor foi. Infinitas palmas para você."

Augusto nasceu em Belém (PA) e faleceu em Belém (PA), aos 59 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Ticiana Werneck, a partir do testemunho enviado por familiares , em 3 de maio de 2020.