Sobre o Inumeráveis

Benedito de Paula Silva

1945 - 2020

Um corintiano devoto de Nossa Senhora Aparecida que não passava desapercebido.

Benedito de Paula Silva, era conhecido como Ditão, não só pelo seu tamanho, mas por sua energia que tomava o espaço e a atenção de todos.

Como um bom leonino, ele era um acontecimento. Nunca passava despercebido, um taxista alegre, corintiano convicto. Quando falava, o mundo parava para prestar atenção. Além de ser um bom contador de histórias, amava dançar dança de salão. Um apreciador de tudo o que era alegre e solar.

Nos seus momentos diários de introspecção, dentro do seu taxi, rezava por 20 sagrados minutos para Nossa Senhora Aparecida antes de sair para trabalhar. Sua família sorri quando lembra dele, talvez seja isso que ele mais queria, ser um sorriso para sempre.

Benedito nasceu São Paulo (SP) e faleceu São Paulo (SP), aos 75 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Gabriela Veiga, a partir do testemunho enviado por escritor Gabriela Veiga, em 27 de abril de 2020.