Sobre o Inumeráveis

Benedito dos Santos

1944 - 2020

De personalidade florescente, seu jeitinho decidido sempre vinha acompanhado de amor e carinho.

Laborioso desde mocinho, Seu Santos, como muitos carinhosamente o chamavam, alegrava-se por dizer que sua origem fora no campo, auxiliando seu pai na fazenda onde viviam.

Durante sua juventude, seguindo seu espírito patriótico, serviu ao seu país e escancarava em sua farda o seu espírito beligerante. O guerreiro de enorme coração também sabia ser teimoso quando queria, mas sempre com muito amor e carinho.

De personalidade florescente, sua idade não o impedia de tomar decisões com total lucidez. Igualmente resoluto, sabia o que queria e sempre seguia firme em seu propósito. Nos últimos tempos, Seu Santos buscou e encontrou a calmaria de um espírito fortificado em Deus.

Altivo (orgulhoso) em falar de seus filhos, amoroso em falar dos netos, doce ao contar dos bisnetinhos, Seu Santos deixa muitas saudades em seus familiares. "Aos que ficam, o luto arrebata, pois nossas expectativas humanas limitam a visão de um plano maior e melhor, glorioso, após a partida de um bem familiar", conta Nathália, neta de Seu Benedito.

E ao fechar os seus olhos para este mundo, o avô de Nathália se entregou à vontade do seu Criador, na esperança de descansar em Seu eterno amor.

Benedito nasceu em Paraibuna (SP) e faleceu em São José dos Campos (SP), aos 76 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela neta de Benedito, Nathália dos Santos Gonzaga. Este tributo foi apurado por Viviane França, editado por Fernanda Queiroz Rivelli, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 29 de julho de 2020.