Sobre o Inumeráveis

Benedito Pires Barbosa

1952 - 2020

A felicidade dele era ver família e amigos sempre juntos. Festeiro, alegre, cumprimentava mesmo os estranhos com um beijo e um “eu te amo”.

A coisa mais importante da vida é estar reunido com as pessoas que amamos. Um homem honrado e feliz que procurou em toda sua vida ajudar os mais próximos, sendo pai, avô, amigo e confidente de muitos. Ele só queria estar próximo dos familiares e poder abraçar todos e dar um beijo no rosto ao recepcioná-los no portão de sua casa.

Viveu intensamente e soube extrair de todos os momentos da vida algum motivo para sorrir.

Foi um cara fantástico, teve nove irmãos, muitas vidas construídas e muita história, cada um dos mais de 70 familiares vai querer contar a sua. Seu legado será levado por quem ficou, pois a vontade de Deus é perfeita em todos os sentidos.

Sobrinho, Gustavo Tomaz.

Falar do senhor é muito fácil! Um ser humano de extrema fé. Pai, esposo, filho, avô, tio e amigo maravilhoso.

Sempre foi a alegria em pessoa. Festeiro, amava comemorar os aniversários, tomar seu vinho e sua cervejinha.

Amava a natureza, deixou muitas plantas que serão cuidadas com todo amor e carinho. Lulista nato e corinthiano desde o berço. Por onde passava, fazia amizades; era respeitado e admirado por todos. Um homem que veio para fazer a diferença aqui na Terra.

Totalmente do bem, deixou um enorme buraco na vida de todos que o conheceram. Obrigada por tudo.

Filha Andréia dos Santos Barbosa

Meu pai adorava viver, ser feliz e irradiar essa alegria para os outros. Se numa das festas na nossa casa, ele visse alguém pela primeira vez, cumprimentava com um beijo e dizia “eu te amo”. Esse era ele.

Conselhos, só os que te jogam pra frente. Gostava e fazia o papel de linha de frente na hora de resolver qualquer problema da família.

Que esse memorial possa transcender o tempo e que, um dia, eu possa ser um terço do que meu pai foi nesse mundo: meu herói e dos meus três irmãos, esposo fantástico para a minha mãe Antonia, mulher guerreira que agora está na luta com a gente para tocar em frente, avô fantástico dos cinco netos.

Viveu intensamente e só tenho a agradecer tudo que ele fez. Valeu, Ditão!

Filho Luciano dos Santos Barbosa

Benedito nasceu em Santo Antônio da Platina (PR) e faleceu em São Bernardo do Campo (SP), aos 68 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Phydia de Athayde, a partir do testemunho enviado por filhos e sobrinho Gustavo, Andréia e Luciano, em 1 de maio de 2020.