Sobre o Inumeráveis

Bruno Amaro

1982 - 2020

Ele sempre dizia que tínhamos que ter leveza na vida. Sermos leves!

O Bruno foi um presente em nossas vidas.

Um rapaz amigo, irmão, carregava consigo uma paz indescritível. Por onde passava dava o ar de seus ensinamentos. Um ser que não queria muito, não queria nada além daquilo que pudesse ser adequado e confortável para si. E isso, ele repassava na maior simplicidade.

E, não foi só após a morte tão inesperada, que o reconhecemos. Sempre vimos este amigo irmão na simplicidade e no amor que ele foi.

Um excelente filho, irmão, amigo, esposo e pai. A parte de ser pai é o que mais evidencia nele que o Amor e a AlmA daquele, menino ainda, era de uma benevolência inacreditável.

Márcia não é irmã de sangue de Bruno, mas o Cara Lá de Cima, colocou Bruno em sua vida na hora exata. Bruno foi um ser de luz nesse plano e será aonde mais estiver.

Ele nunca será um número para aqueles que o amavam em vida e continuarão a amar, após a morte.

Bruno nasceu em Belém (PA) e faleceu em Belém (PA), aos 38 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Rayane Urani, a partir do testemunho enviado por amiga Márcia Celleny Mousinho Castro, em 1 de maio de 2020.