Sobre o Inumeráveis

Célia do Socorro Santos

1967 - 2021

Cozinheira de mão cheia! Deixa lembranças em sabores, conselhos, alegria e amores na vida dos que tocou.

Casada e mãe de três filhas, Célia era aquela mãe conselheira, a tia de todos, uma mulher incrível que tinha o melhor coração que se possa imaginar, como conta a filha Dayanne.

Um caminho trilhado fazendo o bem, procurando ajudar todos que a procurassem. Aos cinquenta e três anos, Célia era conhecida por sua felicidade e pela alegria que distribuía alegrando o coração das pessoas, que sempre a queriam por perto.

Dayanne confessa o dom da querida mãe: "Ela era a melhor cozinheira de todos os tempos. Sua paixão pela cozinha nos deixava encantados."

Célia era uma mulher amiga, que só pode é deixar muita saudade! A despedida de Dayanne tem ainda muito pesar, mas também a consciência de guardar as melhores lembranças. Além de acreditar que Célia está em um lugar especial, a filha acredita que a mãe ocupará o coração da família de agora em diante.

"As últimas palavras de minha mãe para mim foram: 'vai ficar tudo bem, não se preocupe com a mamãe'. E se foi sem despedida. Ela cuidava de todo mundo na Terra e continuará cuidando, só que de um cantinho especial no céu. Que Deus a receba de braços abertos. Até breve, mãe!"

Célia nasceu em Bela vista (GO) e faleceu em Uberlândia (MG), aos 53 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela filha de Célia, Dayanne Santos. Este tributo foi apurado por Rayane Urani, editado por Denise Pereira, revisado por Sandra Maia e moderado por Rayane Urani em 2 de junho de 2021.