Sobre o Inumeráveis

Cláudio Spiller

1955 - 2020

Da cadeira de rodas era só sorrisos para suas meninas. O cara mais carismático da história.

Conheceu a Cris na escola aos 9, namorou, noivou, casou e não parou de chamar pelo seu nome nos 40 anos que vieram pela frente. Tiveram duas filhas, as quais depois de um prognóstico devastador, teve o prazer de levar ao altar.

O AVC decretava sua morte ou o buraco de existir em estado vegetativo, mas teimoso que era se recusou a apagar o sorriso e carregou por mais 15 anos a alegria de arrastar o próprio carisma por onde passava.

Amante de carros, partiu no mesmo dia do seu ídolo Ayrton Senna, deixando à Jéssica, primogênita, suas últimas palavras. "Não chora não, minha filha."

Cláudio nasceu Rio de Janeiro (RJ) e faleceu Rio de Janeiro (RJ), aos 64 anos, vítima do novo coronavírus.

Jornalista desta história Camila Parobé Anllelini, em entrevista feita com filha Jéssica Spiller, em 12 de maio de 2020.