Sobre o Inumeráveis

Creuza Nunes Fontes

1939 - 2020

“Tchau, mais tempo!”, dizia ela sempre rindo, festeira e alegre.

Mãe de seis filhos, avó de nove netos, bisavó de dois bisnetos e amiga de muitos: esta foi Creuza. De origem muito humilde, a baiana perdeu os pais muito cedo e foi cuidada por outros membros da família, tendo até que trabalhar quando criança em prol de seu próprio sustento. Saiu de sua terra natal para ir em busca de melhores condições de vida no Rio de Janeiro, onde nunca parou de trabalhar.

Determinada e cheia de energia, Creuza correu muito atrás do que queria. Cativava as pessoas por onde passava e sempre tentava rir de alguma coisa. Terminou sua vida buscando ter autonomia, mas isso não ocultava o seu carinho sempre expressado aos que amava.

"Nunca soubemos separar se ela era muito persistente ou muito teimosa. Talvez as duas coisas; o que a tornou uma mulher muito forte para superar muitos infortúnios em sua vida e com isso ensinar seus filhos e seus netos sobre perseverança", conta o neto Igor.

Creuza nasceu em Buerarema (BA) e faleceu em Rio de Janeiro (RJ), aos 80 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Irion Martins, a partir do testemunho enviado por neto Igor Gilla da Silva, em 8 de maio de 2020.