Sobre o Inumeráveis

Dalva Maria Portilho da Mata

1961 - 2020

Todos os dias ia até a casa da sua mãe, Dona Gerogina, tomar sua benção.

Uma grande artesã, pelas mãos dela foram feitas as mais belas customizações.

Como católica, serviu à igreja e fez belas obras. Era devota e cumpriu sua missão na Terra.

A saudade que deixou é a prova do quão especial foi nas vidas da família Da Mata.

Dalva nasceu em Belém (PA) e faleceu em Belém (PA), aos 59 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Rayane Urani, a partir do testemunho enviado por sobrinha Vívian Alfaia, em 1 de maio de 2020.