Sobre o Inumeráveis

Dennis Cabrera Pisango

1953 - 2020

Usava sapatos de bico fino tão bem lustrados, que eram quase um espelho, capaz de refletir seu largo sorriso.

Ainda bem jovem, Denico, como era chamado pelos pais e irmãos, saiu da capital da Amazônia Peruana, uma das cidades mais isoladas do mundo, em direção ao Amazonas, onde viveu a maior parte de sua história.

Veio para o Brasil em busca de uma vida melhor, elaborando "planos infalíveis" para tornar-se um empresário. Este sonho esteve por trás de toda a elegância de Dennis, que tinha como marca registrada suas calças com vinco e camisa de manga, dignas de quem acreditava que um homem se mede pela roupa e, principalmente, pelo brilho dos sapatos.

Em portunhol e com seu sotaque carregado, costumava dizer que "La idade no passa por mim, ainda soy jovem". E, se fazendo valer da juventude que trazia em si, Dennis foi de mecânico a professor de espanhol, de empresário a bon vivant e viveu muitas vidas em uma só.

Em todas, manteve a elegância de quem, como lembra o sobrinho e afilhado Antonio, "adorava estar bem-vestido para qualquer ocasião". Manteve também o otimismo de quem acreditava que este deve ser o lema para a vida e que, para recomeçar, a idade não importa.

O que não lhe importava também, era ter nascido no Peru, mas ainda assim ser um flamenguista roxo. Em dias de jogo, estendia um bandeirão tão grande quanto se pode imaginar, na fachada de casa, para deixar clara, a quem quer que fosse, a sua paixão.

Seu coração rubro-negro era enorme e tinha espaço para vários outros amores. Pai de Olga, Miguel, Joyce, Janina, Bruninha e outros mais, Dennis era amado por todos, assim como por Antonio. É ele quem diz que, agora, "Seu Dennis deve estar fazendo alguém gargalhar com suas histórias e bom humor."

Dennis nasceu em Iquitos (Peru) e faleceu em Manaus (AM), aos 67 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo sobrinho de Dennis, José Antonio Yerén Cabrera. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Larissa Reis, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 26 de junho de 2020.