Sobre o Inumeráveis

Edivaldo da Silva Teixeira

1957 - 2020

Com Dentinho, a risada era garantida.

Pessoa muito feliz, de riso frouxo e de energia boa, não era atoa que seu apelido era Dentinho; usava gírias engraçadas até para descrever coisas sérias e assim tornar a vida mais leve. Professor de Educação Física, o paraense adorava passear por sua amada Belém. Gostava de tomar uma cervejinha, não sabia dizer “não” e roncava muito alto. Conhecedor da política nacional, escutava ”A Voz do Brasil” todo santo dia. Um homem que sabia conversar sobre tudo.

Esposo de Luiza Helena Mindello, com quem teve o filho Davi Lucas Mindello, Edivaldo também deixou a enteada Lorena Mindello Bittencourt. Construiu uma história linda com a família, além de ter sido um irmão muito altruísta. Cuidava de suas duas irmãs e sempre estava disposto a ajudar quem quer que fosse.

“Dente, tua família agradece todo tempo e amor que nos dedicaste. Vai em paz com a Carminha. Vamos continuar nossa missão e sempre te amaremos.

Heleninha, tua esposa; Davi, teu filho; e Lorena, tua enteada.”

Edivaldo nasceu Belém (PA) e faleceu Belém (PA), aos 63 anos, vítima do novo coronavírus.

Jornalista desta história Irion Martins, em 7 de maio de 2020.