Sobre o Inumeráveis

Ednilson dos Santos Escobar

1960 - 2020

Un ragazzo paulistano que multiplicava suas paixões entre a Itália e as filhas.

Ednilson sempre fez questão de resgatar suas origens. De muitos amigos, conversador de fala apaixonada e viajante, era impossível negar o sangue italiano. Foi rodeado de muitas mulheres e, amado por todas.

Do casamento de 38 anos, nasceram Priscila, Pamela e Paola. Não à toa, sua terra querida tem nome feminino. Multiplicava suas paixões entre elas: a Itália e as filhas.

Mas, seus pés no Brasil não eram esquecidos. Paulistano típico, de apelido Quiuquiu, era corinthiano roxo. A felicidade trazida pelo time do coração se entrelaçava às felicidades da família. “Sempre me lembrava que eu nasci no dia em que o Corinthians ganhou o mundial”, conta a sobrinha Isabella.

Entre o ir e vir de origens divididas, a resiliência tornou-se a maior virtude de Ednilson. Vai, enfim, reencontrar a mãe, mais uma das mulheres da sua vida. E, fará parte agora da própria coleção de bonecos de super herois.

Ednilson nasceu em São Paulo (SP) e faleceu em São Paulo (SP), aos 59 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela sobrinha de Ednilson, Isabella. Este texto foi apurado e escrito por Mariana Couto, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 3 de junho de 2020.