Sobre o Inumeráveis

Eduardo de Ferraz

1962 - 2020

Uma pessoa alegre e extrovertida que animava todas as pessoas ao seu redor.

Eduardo era irmão do Flávio, da Angela e do Sérgio, e pai do Tiago, do Lucas e do Jefferson.

Alguns primos chamavam-no de Bocão, pois sempre estava sorrindo.

O técnico em eletrônica era um cara extrovertido, tranquilo e de bom coração.

Era corintiano e gostava de um bom whisky e, a cada aniversário dos primos, queria saber onde seria o churrasco.

Com ele não tinha tempo ruim: estava sempre tranquilo. Em suas últimas conversas com os primos, pelo aplicativo de mensagens, estava sorrindo e tentou transmitir paz.

Era uma pessoa feliz e adorava ir aos encontros de família.

Eduardo nasceu em São Paulo (SP) e faleceu em Guarujá (SP), aos 58 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela prima de Eduardo, Cristiane Moreli Gati Isii. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Gabriel Yudi Gati Isii, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 18 de dezembro de 2020.