Sobre o Inumeráveis

Ely Marcelo Costa da Silva

1982 - 2020

Acordava alegre, transbordando amor. Ele gostava de levar o café da manhã na cama para toda a família.

Ely Marcelo era motorista. Um motorista alegre, extrovertido e generoso.

Adorava fazer piadas e levar a vida na brincadeira, como tem de ser. Às vezes, imitava voz de bebê, sabe se lá o porquê.

Pai do Caio, de 17 anos. E da Sara, de 11 anos. Esposo de Vanessa. Ah, como ele amava essa família!

Expressava o cuidado em pequenos grandes gestos. Gostava de preparar e levar o café da manhã na cama para toda família. Café com leite de caixinha, que ele colocava em copos que antes foram de extrato de tomate. Cuscuz para o Caio, tapioca com queijo para a Vanessa e sem queijo para a Sara.

“Dava para ver e sentir que o prazer dele era fazer a gente se sentir bem. Ele nos amava incondicionalmente”, diz seu amor, Vanessa.

Ely nasceu no Belém (PA) e faleceu no Belém (PA), aos 38 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela esposa de Ely, Vanessa Lellya. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Júlia Palhardi, revisado por Luiza Carvalho e moderado por Rayane Urani em 10 de junho de 2020.