Sobre o Inumeráveis

Erika Regina Leandro dos Santos

1981 - 2020

A melhor amiga de infância de qualquer um em cinco minutos.

Imagina um ônibus quase todo cheio, agora imagina uma pessoa entrando e inventando uma cena de teatro qualquer que fez todo mundo rir. Isso aconteceu e essa era Erika. Ela juntava seu sonho de ser atriz - e era - e sua habilidade de manter tudo ao seu redor feliz para deixar o mundo um lugar mais divertido de estar. Mesmo atravessando tantas dificuldades, negra, morando na periferia, sofrendo preconceitos, com seis irmãos mais novos e tendo enterrado os pais muito nova, era elevando a energia de todos que ela se fazia mais forte. Tirava de letra os caminhos curvilíneos que a vida proporcionava para ela, os transformava em uma dança alegre e convidava todos para dançar junto, o que aliás, era irrecusável.

-
Mulher inteligentíssima, educada, perspicaz, uma inteligência emocional incrível. Falava com qualquer um, pra ela não tinha dificuldade, tinha possibilidade.

"Menina especial! O mundo ficou mais fraco e triste, porque a força dela... movia montanhas. Minha linda, em breve nos reencontraremos. Desejo muito aquele abraço de urso que você me dava. Forte, intenso, e puro amor. Amo você!" diz a amiga Patricia.

Erika nasceu Taubaté (SP) e faleceu São Paulo (SP), aos 39 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Gabriela Veiga, a partir do testemunho enviado por amigas Eneide Gama e Patricia Santos de Souza, em 28 de abril de 2020.