Sobre o Inumeráveis

Eunice Farah

1943 - 2020

Foliã apaixonada, pulou o último carnaval no Clube do Ipiranga com filhos e netos.

A mineira Eunice Farah era alegre. Muito alegre. Venceu uma batalha contra um câncer de laringe, com sessões de quimioterapia e bombas de medicamento, sem lamentar. Também não reclamou do isolamento, que lhe tirou as saídas constantes e as visitas aos netos, e nem das dores no corpo provocadas pelo novo coronavírus. Buscava conforto e alívio na música. Eclética, ouvia de tudo. Ecumênica, frequentava o centro espírita às terças e, aos domingos, a igreja evangélica. A fé de dona Eunice era na vida e nas pessoas.
Deu entrada no hospital com sintomas leves e não saiu mais.

Eunice nasceu Ouro Fino (MG) e faleceu São Paulo (SP), aos 77 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Alana Rizzo, a partir do testemunho enviado por genro Antônio Sérgio Pinto Ribeiro, em 20 de abril de 2020.