Sobre o Inumeráveis

Gastão Dias Júnior

1969 - 2020

Um homem inspirador que colecionava tartarugas de decoração. Reservado, sorria com os olhos.

Pediatra, dedicado e apaixonado pela profissão. Gastão dava o melhor de si a tudo que fazia, seja no atendimento às ‘crianças dele’ ou como professor de futuros médicos. As mães/pais dos pacientes e os próprios amigos dele ficavam encantados com a dedicação do Gastão à pediatria.

Gastão era tímido, falava pouco, mas tinha um coração enorme. Sempre preferiu atender crianças mais carentes e cada progresso de seus pequeninos pacientes, era motivo de felicidade para ele. Além de excelente profissional, Gastão foi um filho maravilhoso, um irmão parceiro, um tio/pai amoroso e um companheiro sem igual. Uma coisa que só os íntimos sabiam: Gastão era colecionador de tartarugas de decoração.

Gastão partiu, mas sua passagem pela Terra não foi em vão. Ele será sempre lembrado e está em nossos corações por sua bondade e olhar carinhoso. Um grande ser humano e um homem inspirador.

Do marido, Richard Rodrigues.

-

Pediatra apaixonado. Pessoa de coração enorme, daquelas que inspira o próximo a ser melhor todos os dias. Exemplo de dedicação como professor, deixou uma semente de amor pela pediatria no coração de muitos dos seus alunos. Curou muitas crianças e acalentou suas mães. Cumpriu sua missão com maestria.

Da amiga, Andreia Luiz.

Gastão nasceu Canoinhas (SC) e faleceu Balneário Camboriú (SC), aos 51 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Rayane Urani, a partir do testemunho enviado por marido e amiga Richard e Andreia, em 3 de maio de 2020.