Sobre o Inumeráveis

Helen Dias

1982 - 2020

Enfermeira devotada, foi uma estrela que salvou a vida de muitas pessoas.

Enfermeira e mãe de dois filhos, sempre falava que tudo iria ficar bem. Todas as noites ligava para a família pelo celular a fim de matar a saudade e dizer que logo, logo voltaria para dar o grande abraço que todos os dias prometia.

Dedicada desde sempre ao trabalho, passou dois meses sem abraçar os filhos. Era intensivista e tinha plantão todos os dias, sempre com um sorriso no rosto.

Preocupava-se com amigos, parentes e pacientes: para ela a saúde deles vinha em primeiro lugar. Acordava todos os dias feliz para salvar vidas, a ponto de esquecer de si mesma. Por um descuido foi contaminada, sentiu-se mal e automedicou-se, achando que era apenas uma gripe.

Pouco tempo depois, só houve tempo de ligar para os filhos e dizer que voltaria mais tarde.

Deixou não apenas saudade, mas também a alegria e a simplicidade que sempre transmitia e encantava a todos por onde passava. O amor pelo trabalho e pela família é seu legado para os filhos. Mulher forte e responsável, familiares e amigos falam dela com carinho e amor, lamentando: "Uma grande perda!"

Helen nasceu em Manaus (AM) e faleceu em Manaus (AM), aos 38 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela amiga de Helen, Vanessa Rolim. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Larissa Martins, revisado por Paola Mariz e moderado por Rayane Urani em 10 de junho de 2020.