Sobre o Inumeráveis

Ivanete Lustosa Silveira da Silva

1952 - 2021

Amou a família com toda a força de seu coração e foi, com certeza, a melhor mãe que seus filhos poderiam ter.

Filha de Eduardo e Iraci, Ivanete foi uma mulher que lutou muito durante toda a vida. O pai sustentava a família como cortador de cana, o que fez com que tivesse uma vida difícil e cheia de dificuldades, a ponto de passar a infância vivendo de casa em casa.

Em uma dessas casas, como um presente do destino, conheceu Maria Amara, cujo marido trabalhava numa empresa de tecelagem, onde lhe conseguiu um emprego.

Lá conheceu Reginaldo Luiz, que mais tarde viria a ser seu marido e pai de seus filhos, Luciano e Rogério. Foi uma mãe dedicada e amorosa. Depois nascimento do caçula Rogério, que nasceu muito doente, saiu do trabalho para se dedicar a ele como a situação exigia.

Além dos próprios filhos, ajudou a criar vários sobrinhos e sobrinhas e ainda assim trabalhou de maneira informal para contribuir nas despesas da casa. Ora como comerciante, ora ajudando as vizinhas quando precisavam, o fato é que foi um ser humano presente na vida de bastante gente.

Mulher de fé e devota de Nossa Senhora da Conceição, procurou sempre ser exemplo de boa cristã e conseguiu fazer de sua vida exemplo de amor, generosidade, caridade, compaixão e perseverança, mesmo quando, em 2018, foi diagnosticada com um câncer de mama. Enfrentou bravamente a cirurgia e os tratamentos necessários, sempre acreditando na cura.

Como parte de sua motivação para recuperação, em julho de 2019 recebeu de presente do filho Rogério e da nora Mônica – a quem amava como filha – o neto Gael, que dizia ser a melhor coisa que surgiu em sua vida. Nessa ocasião ela cuidou de todos com carinho, amor e apreço.

A vida foi seguindo até março de 2021, quando adoeceu novamente e passou por cirurgias, exames e internações hospitalares. Acabou contraindo a Covid-19, o que culminou em seu falecimento e sepultamento sem as honrarias que certamente receberia em outro contexto e ocasião.

Ivanete será amada para sempre pelo esposo Reginaldo, pelos filhos Rogério e Luciano, pela Nora Mônica e pelo netinho Gael.

Ivanete nasceu em Escada (PE) e faleceu em Aracaju (SE), aos 68 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo filho de Ivanete, Rogério Luiz da Silva. Este tributo foi apurado por Rayane Urani, editado por Vera Dias, revisado por Paola Mariz e moderado por Rayane Urani em 22 de abril de 2021.