Sobre o Inumeráveis

João Bosco Gaião de Queiroz

1951 - 2020

“Trabalhar é a melhor coisa da vida” ele sempre dizia, transbordando felicidade.

João Bosco Gaião de Queiroz. Na força de seu nome, tinha espaço também para Bobô, como seus irmãos o chamavam.

Com Vera, sua esposa, ele dividiu uma história bonita, vibrou as conquistas dos filhos, a chegada dos netos, as idas à fazenda, um de seus lugares preferidos no mundo. Era para lá que gostava de ir, era com a família que ele amava estar. Ver cada um de seus amados felizes era seu troféu.

Bosco era sincero e generoso. Sua comida preferida era doces em geral.

Outro encanto era a medicina. Médico radiologista, doutor Bosco, como era conhecido no hospital do interior de Minas Gerais, dedicou tudo que tinha, afinal “trabalhar é a melhor coisa da vida”, como ele sempre dizia. Foi no trabalho que Bosco cuidou de gente, conquistou filhos do coração e deixou saudade.

Deixou saudade em casa, na fazenda, no hospital, na vida de tanta gente que conviveu com o ser humano especial que Bosco era - e que para sempre será.

João nasceu em Serra Branca (PB) e faleceu em Vitória (ES), aos 68 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela esposa de João, Vera. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Victória Coelho, revisado por Luiza Carvalho e moderado por Rayane Urani em 13 de junho de 2020.