Sobre o Inumeráveis

João Bueno da Silva

1940 - 2020

Um pai espetacular, um marido sem igual.

Gostava de brincar com quem ele visse pela frente. Eu era a predileta dele (era assim que ele me chamava), e ele, meu herói.

"Bom dia, predileta linda", dizia João.

Pai, o senhor me ensinou quase tudo. Só faltou me ensinar a viver sem você. Vai fazer muita falta.

-

Tio João é como todos o chamavam na empresa. João Bueno era um homem trabalhador, exigia, mas sabia ouvir as pessoas. Muito carismático, todos o admiravam. Trabalhou durante toda sua vida, não ficava parado. Era ainda um ótimo parceiro de truco.

Sempre foi extremamente dedicado em tudo que fazia. Se em algum lugar ao longe se ouvisse “Vamos, vamos! Não desiste, não!”, a gente já tinha certeza que era ele.

"Meu pai, meu herói, meu parceiro de pescarias, ele sempre esteve de alguma forma perto dos filhos. Vamos sentir saudade dos seus conselhos, da forma calma como tratava de assuntos difíceis. Com certeza a terra está mais triste nestes dias, pois os bons estão nos deixando. Vá com Deus, meu pai. Fique em paz. Em breve vos veremos novamente", diz com saudade o filho Robson.

João nasceu em Iacanga (SP) e faleceu em Santos (SP), aos 79 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Priscilla Fernandes, a partir do testemunho enviado por filhos Thiana Bueno e Robson Bueno da Silva, em 14 de maio de 2020.