Sobre o Inumeráveis

Jonas Arlindo Neto

1958 - 2020

Se todos nascem com um propósito na vida, o dele era ser o melhor "papai" do mundo.

Era de papai que Jonas insistia em ser chamado, pelos filhos e pelos netos, até seus últimos dias, independentemente da idade de cada um.

"Papai, papai!" Chamavam Melissa, de 34 anos, Marcelo, de 27, Márcio, 25, Mayza, 18. Um "quarteto de M's" que nasceu de seu amor com Marizete.

O afago que sentia ao lado de sua família atravessava todos os cômodos da casa. Jonas gostava da companhia para ver clipes musicais e assistir jogos de futebol. Não sabia viver longe deles.

A filha mais velha, Melissa, descreve o último diálogo com o pai:

"— Filha, me conta o que você lembra da sua infância?

Eu contei sobre as coisas que o faziam ser especial e ele sorriu, todo orgulhoso. E me perguntou:

— Eu sempre fui um pai carinhoso com vocês, né?

Eu balancei a cabeça afirmando e ele sorriu."

Jonas nasceu em Resplendor (MG) e faleceu em São Paulo (SP), aos 61 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela filha de Jonas, Melissa Fernandes da Silva. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Júlia Palhardi, revisado por Gabriela Carneiro e moderado por Rayane Urani em 20 de agosto de 2020.