Sobre o Inumeráveis

José Júlio Reis

1938 - 2020

Sempre sorrindo, dançava e se divertia nos carnavais e serestas que tanto amava.

José Júlio era querido por todos. Com toda a sua humildade, foi um homem honesto, amigo sincero e fiel aos laços familiares. Admirado e amado pelas pessoas que tiveram o prazer de conhecê-lo, gostava de compartilhar sabedoria, experiências de vida e conselhos com aqueles que levavam horas conversando com ele na varanda ou na porta de sua casa.

Sujeito íntegro desde a juventude, foi amadurecendo com os percalços da vida. Superou inúmeros obstáculos, trabalhando como marinheiro de convés em Itacaré com o objetivo de acrescentar no sustento da família, ajudando assim os pais e irmãos. Na vida adulta, tornou-se Presidente da Colônia Z-18 e vereador da cidade, cargo que ocupou com afinco por doze anos.

A esposa, o barco de pesca e a família eram suas grandes paixões. Casado com Palmira, num laço de amor e companheirismo construído ao longo de sessenta e dois anos, foi o pai de 11 filhos, e teve netos, bisnetos, genros e noras, todos os seus maiores tesouros. Conhecido como Poveira, gostava de fazer brincadeiras, conversar e rir; sempre bondoso, respeitando o próximo e dividindo suas vitórias e conquistas.

"Falar do meu avô é como tocar uma música que repetimos centenas de vezes. Olhos azuis, bigode, cabelos grisalhos, mas sempre escondidos porque, vaidoso que era, estava sempre pintando. Um guerreiro de luz, íntegro, que estava sempre lutando. Posso afirmar que ao lado dele tivemos momentos únicos, com muitas gargalhadas, que permanecerão para sempre na memória e no coração de cada um de nós", relembra, com carinho, a neta Giselle.

Um pescador nato, que tinha a mania de assobiar, deixou um legado "milionário" na vida de cada um que teve contato com a sua história, um legado de altruísmo, conforto e muitas lembranças. Não media esforços para acolher ao próximo, principalmente quando se tratava da família.

José nasceu em Itacaré (BA) e faleceu em Salvador (BA), aos 82 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela neta de José, Giselle Reis dos Santos. Este tributo foi apurado por Thaíssa Parente, editado por Felipe Bozelli, revisado por Fernanda Ravagnani e moderado por Rayane Urani em 16 de outubro de 2021.