Sobre o Inumeráveis

José Manuel da Silva

1938 - 2020

Pelo olhar transmitia o quanto era amoroso e acolhedor.

“Ele era engraçado, rabugento, tinha uma feição sisuda, mas era um cara super gente boa. A gente dava muita risada com ele”, assim Tatiane descreve seu tio José.

Marido maravilhoso, com mais de cinco décadas de casamento, ele e sua esposa se tratavam por “meu bem”, que era uma das marcas desse amor tão bonito. Todas as vezes que ele estava ao lado da esposa, tinha um sorriso estampado no rosto. “Os momentos que a gente o viu sorrindo com a feição mais carinhosa, mais suave, foi quando ele estava ao lado dela”, contou a sobrinha.

Ele era muito apegado à família, teve dois filhos e sua filha, que encerrou seu caminho por aqui com 28 anos. E agora, no final da vida, ele vivia com o filho Wagner, com a neta Carla e mais quatro netos.

Não tem como falar sobre José sem falar da linda amizade que ele e seu irmão Severino, a quem todos chamavam de “Bira”, com exceção de José que gostava de chamá-lo pelo nome, cultivavam em vida.

“Tio José é irmão do meu pai e eles eram muito amigos, muito grudados. Eles são mais de 12 irmãos, mas os dois tinham uma amizade muito legal, estavam sempre um no trabalho do outro, porque tinham negócios próprios”, assim Tatiane começou a falar de seu tio.

Sempre amigos, ele ajudou seu irmão, a todo o momento esteve presente, estava lá todo domingo almoçando com Severino. Aquele que quando jovem saía para viver a vida e sumia no mundo, não dava muita notícia, mas que sempre estava perto do irmão José. Aquele que, por sua vez, foi amigo, protetor e um irmão mais velho para Severino.

“Quando eu mandei essa mensagem para vocês, a minha intenção era mostrar para meu pai, apesar dele não ser muito usuário de internet, eu sei que ele ia ficar feliz. Não deu tempo, mas agora eu ao menos sei que eles estão juntos”, disse Tatiane, com a certeza que agora os dois voltaram a ser companheiros.

José nasceu em Itabaiana (PB) e faleceu em São Paulo (SP), aos 81 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela sobrinha de José, Tatiane Rodrigues da Silva. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Maria Mendes, revisado por Francyne Nunes e moderado por Rayane Urani em 18 de março de 2021.