Sobre o Inumeráveis

José Ricardo Magela Vilela

1974 - 2020

Apaixonado por música, família e amigos. Mas com ele por perto, não se falava em política.

Só havia uma coisa que tirava o José Ricardo do sério. Quando o assunto era política, ele não tinha a menor paciência e abandonava a roda de conversa sem pestanejar. No táxi, que ele dirigiu pelas ruas de Belo Horizonte durante mais de dez anos, aguentava impaciente o passageiro que insistisse em falar de políticos e suas tramoias.

Agora, se o papo fosse sobre música boa, aí ele não tinha pressa. Curtia o rock e não dispensava um samba.

A música e a família eram as suas grandes paixões. Era pai orgulhoso do Felipe e do Vinícius, filho primogênito do seu Geraldo e da dona Naci da Conceição. Nos encontros de família, brincava com o irmão Rogério dizendo que queria ser igualzinho a ele quando crescesse - e caía numa gargalhada que contagiava todo mundo em volta.

Nos últimos anos, José Ricardo trabalhava como auxiliar administrativo em uma empresa seguradora e quase não tinha folga. Feriados e finais de semana eram atrás do volante, como motorista de aplicativos. O pouco tempo livre era para a família, para os amigos e para a Rosimeire, sua namorada.

Ela conta que José Ricardo só tinha um defeito: "Ele era atleticano!". Rosimeire era sua "pretinha linda", como ele a chamava carinhosamente, quando a beijava nos olhos. Estavam juntos havia 19 meses. Tempo curto no calendário mas uma eternidade nas doces lembranças de Rosimeire, que descobriu dolorosamente que não é em meses ou dias que se conta o tempo de um grande amor.

José Ricardo partiu dois dias antes de o coronavírus levar também sua mãe, dona Naci da Conceição.

José nasceu em Piracema (MG) e faleceu em Belo Horizonte (MG), aos 45 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela namorada de José, Rosimeire Esperança de Oliveira. Este tributo foi apurado por Thaíssa Parente, com Cristina Piasentini, editado por Cristina Piasentini, revisado por Otacílio Nunes e moderado por Rayane Urani em 28 de julho de 2020.