Sobre o Inumeráveis

Manoel Antonio da Silva Campos

1943 - 2020

Odiava ficar quieto. Fez de tudo na vida. Nunca deixou de ser guerreiro.

Manoel foi tudo na vida. Começou como sapateiro, depois radialista e chegou até a ser assessor parlamentar. Não parava quieto nunca. Adorava reunir a família e amava o trabalho que fazia na comunidade. Tinha paixão pelo Remo, time que lhe garantia felicidade e tristeza, a depender do dia.

Casou-se com Maria Helena ainda muito novo, há quase 60 anos, e foram pais de sete. No quintal de casa, Manoel construiu uma área de lazer e tinha orgulho de mostrá-la para todas as visitas que chegavam. Se você o visitou, com certeza Manoel lhe mostrou toda a sua obra.

Sobretudo, Manoel saiu da vida como um guerreiro lendário. Essa é a definição dele. É assim que será lembrado: um homem forte que lutou até os últimos momentos pela vida. Antes de ser internado, Manoel se converteu ao evangelho e foi batizado.

Manoel nasceu em Belém (PA) e faleceu em Belém (PA), aos 76 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela neta de Manoel, Brenda Campos. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Josué Seixas, revisado por voluntário e moderado por Rayane Urani em 26 de maio de 2020.