Sobre o Inumeráveis

Manoel Chaves do Nascimento

1934 - 2020

Belo, porque lá na Bahia, dizem, era o mais bonito da sua vila.

Simpático, sempre cheiroso e com os sapatos engraxados.

Manoel Chaves do Nascimento, ou seu Belo como era conhecido pelos amigos veio da Bahia para São Paulo aos 20 e poucos anos, viajando num pau-de-arara.

Foi motorista de ônibus e vendedor andarilho de bilhete de loteria, até que a sorte lhe sorriu e com muito trabalho se tornou o orgulhoso dono de uma banca de jornais.

Todos os dias, enquanto o seu bairro Santo Amaro estava acordando, ele já tinha ido até a editora e voltado trazendo as notícias em papel.

Sua casa era o porto seguro da família, onde os sobrinhos que vinham tentar a vida em São Paulo encontravam refúgio. Em diferentes fases mais de 20 sobrinhos já tinham morado lá antes de seu Belo perder a conta.

Junto com Dona Valdeci, sua companheira de vida toda, tiveram 3 filhos e 6 netos.

Manoel nasceu Bahia (BA) e faleceu São Paulo (SP), aos 86 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Edson Pavoni, a partir do testemunho enviado por escritor Edson Pavoni, em 27 de abril de 2020.