Sobre o Inumeráveis

Maria do Nascimento Ribeiro

1955 - 2021

O que todos mais gostavam de ouvir era Dona Maria dizer: “Sobe, que estou passando o café”.

Desde a infância, passada na fazenda, Maria fez do cuidado a sua principal ação, ajudando a mãe a assistir os seus oito irmãos. Mais tarde, dedicou-se aos cuidados da casa, do esposo e das duas filhas, além da mãe e das pessoas próximas que adoeciam. Quando chegaram os quatro netos, doou-se a eles com zelo e carinho. Maria tinha o coração generoso e o espírito acolhedor.

Com as filhas ainda pequenas, costumava passear no parquinho do bairro e no centro da cidade, onde faziam compras e pausas para os lanchinhos.

Frequentava a Igreja Católica e foi ministra da Eucaristia. Com fé, cultivava o hábito diário de rezar o terço e fazer a leitura da Bíblia. Guardava o coração puro e ampla capacidade de perdão. Auxiliava as pessoas a enxergar os desafios e as adversidades sob perspectiva diferente e de forma positiva.

Maria nasceu em Tamarana (PR) e faleceu em Curitiba (PR), aos 66 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela filha de Maria, Katia Janaina Ribeiro. Este tributo foi apurado por Luisa Pereira Rocha, editado por Marina Machado Pereira Lins, revisado por Walker de Barros Dantas Paniágua e moderado por Rayane Urani em 1 de setembro de 2021.