Sobre o Inumeráveis

Maria Lúcia dos Santos

1958 - 2020

Dona de um sorriso tão brilhante quanto a luz do sol. Transmitia paz por onde quer que passasse.

Guerreira. Não há palavra que descreva melhor a tia Lucinha. Carioca, começou a trabalhar desde cedo. Quando mais jovem, foi manicure, depois trabalhou como auxiliar de serviços gerais.

Sempre batalhou para conseguir tudo na vida. Lucinha era risada por onde quer que passasse, sabia contar uma história engraçada como ninguém, sabia deixar o dia mais alegre e leve.

Superavó, queria ver os netos felizes. Essa era sua missão de vida.
Era a dona das exclamações mais engraçadas, tinha muito medo de voar, durante toda a viagem falava “ai, meu Deu”.

Proprietária do caldinho da tia Lúcia, era conhecida por todos pelo tempero e pela gentileza. Ninguém chegava e ficava com fome, podia pegar para pagar depois. Seu caldinho era um carinho para um coração aflito.

Mãe generosa, não gostava que se preocupassem com ela. Podia estar com dor, mas sempre dizia que “tudo estava bem”, para não preocupar as pessoas que amava.

Adorava conversar, pregar e louvar, encontrava no Senhor o seu refúgio. Lúcia era uma mulher grande de alma, com um coração gigante. Um exemplo de cristã, buscava fazer o bem e agir em conformidade com os Mandamentos.

Quem conheceu Maria Lúcia não pode dizer que não aprendeu um pouco sobre o melhor que a vida tinha a oferecer. Mulher de fé, não pôde se despedir dos filhos que moram em Angola. Com a certeza de que o amor ultrapassa vidas e distâncias, tal qual uma mensagem do céu, tia Lúcia que não pôde se despedir fisicamente, diria que “vai ficar tudo bem”.

Será sempre a estrela mais brilhante no céu, que estará sempre olhando para os filhos, e, no coração dos que cativou, jamais será um número.

Maria nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e faleceu no Rio de Janeiro (RJ), aos 61 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela nora de Maria, Nyria Santos. Este texto foi apurado e escrito por Ygor Expedito Gonçalves, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 19 de outubro de 2020.