INUMERÁVEIS

Memorial dedicado à história
de cada uma das vítimas do
coronavírus no Brasil.

Dourados (MS)

Claiton de Azevedo, 53 anos

Um guerreiro cheio de vida que adorava contar histórias e fazer os outros sorrirem.

Feliciano Esteban Corrales Lopez, 56 anos

Migrou do Direito para a Medicina; sorte das crianças que foram cuidadas por ele.

Luzia Teixeira de Andrade, 51 anos

Luzia sempre foi curiosa e muito determinada. Artesã de mão cheia, gostava muito da arte do crochê e da pintura.

não há quem goste de ser número
gente merece existir em prosa